HomeGestão empresarial

Saiba como fazer uma gestão de risco de crédito eficiente na empresa

Saiba como fazer uma gestão de risco de crédito eficiente na empresa

Tempo de Leitura: 4 minutos

Realizar vendas a prazo e conceder alguma forma de crédito aos clientes é uma das práticas mais comuns do comércio, porém é também uma das mais arriscadas. Você sabe como as formas de pagamento podem afetar o fluxo de caixa — ou como o risco de crédito varia entre cada cliente?

Se você respondeu “não” para alguma dessas perguntas, então está na hora de revisar a sua estratégia. Com isso, é possível desenvolver uma nova política de preços e parcelamento de pagamento que propicie o fluxo constante de receita.

Por isso, preparamos este conteúdo que vai contribuir para solidificar a saúde financeira da empresa. Confira!

Neste artigo, você vai saber:

  • Como a gestão de risco pode ser aplicada na análise de crédito.
  • Qual é a importância da gestão de risco de crédito.
  • Como colocar esse processo em prática.

Como a gestão de risco pode ser aplicada na análise de crédito?

Gestão de risco é um aspecto que pode ser implementado em todos os tipos de negócio. A sua metodologia estuda diversos fatores, como:

  • as tendências econômicas;
  • o comportamento do cliente;
  • as mudanças fiscais e legislativas;
  • as estimativas de crescimento do mercado.

Desse modo, é possível produzir um modelo que descreve quais adversidades podem se manifestar e qual será o seu impacto na organização.

Do ponto de vista financeiro, a questão do crédito fornecido aos clientes tende a ser um desafio. Mesmo que a sua empresa adote regras rígidas, os competidores podem adotar uma posição mais flexível.

Por isso, a análise de concessão de crédito deve refletir a estratégia do empreendimento e sua disposição para correr riscos dessa natureza.

Qual é a importância da gestão de risco de crédito?

Inadimplência é um problema real que afeta empresas em todos os nichos da economia. A gestão financeira utiliza o termo dívida incobrável para se referir aos clientes que, por falta de liquidez, não conseguem arcar com os seus compromissos. No entanto, esse é um exemplo de um caso extremo.

Por isso, na gestão de uma empresa, o recebimento do pagamento do cliente é ainda mais importante que o fechamento de uma venda. Entre as principais vantagens obtidas com esse processo, estão o aumento do volume de vendas e a sua influência nos lucros. As causas dessa melhoria são a aceleração da análise de crédito e a redução dos níveis de inadimplência.

Como colocar esse processo em prática?

O principal objetivo da gestão de risco voltada para crédito é minimizar a chance de inadimplência e evitar prejuízos. Portanto, é importante concentrar esforços e recursos na avaliação da liberação de crédito.

Conte com ferramentas informatizadas

A utilização de sistemas de gestão e automação de tarefas torna a empresa ainda mais competitiva. No caso das análises financeiras, os resultados são ainda mais significativos, pois é possível:

  • consultar órgãos cadastrais de crédito;
  • monitorar o comportamento dos clientes;
  • obter relatórios com informações completas;
  • analisar os critérios de crédito e parcelamento;
  • manter um registro histórico do pagamento dos clientes.

Com isso, a área financeira tem dados reais sobre o comprador, permitindo, assim, criar modelos de classificação de créditos mais precisos. Esse também é um estudo do perfil do cliente que revela quais são as suas reais condições e hábitos de consumo.

Defina uma política de crédito

A negociação da forma de pagamento é uma via de mão dupla que permite sugestões para se alinhar às necessidades dos clientes. Contudo, um limite para essa tática deve ser estabelecido de forma rígida para não resultar em problemas financeiros no futuro.

Esse é um erro comum que acontece quando não há uma política clara para orientar o trabalho da equipe de vendas. Como consequência, a empresa é forçada a aumentar os seus gastos com serviços de cobrança e recuperação de crédito para receber os valores devidos.

O setor bancário, por exemplo, utiliza amplamente essa fórmula para evitar fazer negócio com maus pagadores e adota taxas mais elevadas, o que dificulta o acesso às linhas de financiamento.

Portanto, estabeleça diretrizes com base nas condições financeiras de cada cliente potencial. Esse é um método que pode ser ótimo para garantir a capacidade de manter a entrada de receitas tanto em curto quanto em longo prazo.

Otimize a gestão da carteira de clientes

A inadimplência não representa somente uma queda na lucratividade, mas também causa um aumento nos custos operacionais. Isso ocorre porque passa a ser necessário direcionar recursos financeiros para recuperação de crédito.

Esse é um obstáculo relacionado a práticas rígidas que não levam em conta o histórico de cada cliente. Os critérios podem ser mais rígidos para aqueles que têm registro de inadimplência, porém não justifica adotar as mesmas regras para aqueles que se mantêm em dia.

Como resultado, o gestor não tem que se perguntar se pode conceder crédito ou não, mas sim em qual categoria de pagamento cada consumidor se enquadra. Essa avaliação vale tanto para a construção de novas relações comerciais quanto para antigos parceiros.

A importância dos sistemas também é reforçada, pois essa avaliação pode ser feita de forma automática, com base nas informações disponíveis.

Conte com serviços especializados

Se, apesar de todos os seus esforços e de seguir as nossas dicas, os níveis de inadimplência ainda permanecerem elevados, está na hora de considerar a contratação de um serviço especializado.

Não se pode negar a complexidade e o volume de dados que devem ser computados de forma ágil. Portanto, é importante reconhecer quando essa tarefa não pode ser realizada internamente. Uma das soluções é contar com o suporte de uma empresa especializada no fornecimento de informações para a análise de crédito.

A opção de conceder crédito é uma ferramenta utilizada para estimular as vendas, pois há potencial para aumentar a receita. Contudo, a empresa fica sujeita ao risco de o cliente não pagar e, com isso, assumir prejuízos.

Assim, é recomendado contratar serviços que previnam a incidência de atrasos de pagamento em decorrência de fraude e de uma análise de risco de crédito ineficaz.

As informações presentes neste post foram úteis? A sua empresa está à procura de estratégias para melhorar a avaliação de risco? Nós, da Rede Cred Auto, podemos ajudar. Entre em contato conosco por meio deste formulário e conheça as nossas soluções.

Maylan Moreno - Rede Cred Auto

Profissional de Marketing na Rede Cred Auto. Escrevo sobre consultas veiculares, de crédito e negativação de devedores. Dou dicas sobre otimização do financeiro de uma empresa, mercado de tecnologia e automotivo no geral.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0