HomeInadimplência

Entenda a importância da consulta de CPF e CNPJ antes da venda

Entenda a importância da consulta de CPF e CNPJ antes da venda

Tempo de Leitura: 4 minutos

Um dos fatores que mais prejudicam a gestão financeira de uma empresa, principalmente no comércio, é a inadimplência. Por isso, é muito importante pensar em estratégias para tentar combatê-la e reduzi-la — e a consulta de CPF e CNPJ, nesse caso, é fundamental.

Pesquisas indicam que no Brasil há mais de 60 milhões de pessoas em situação de inadimplência. Apesar do número alto, é possível controlar essa questão. É isso mesmo: muitas pessoas não sabem, mas a inadimplência pode, sim, ser reduzida.

Para isso, basta adotar critérios objetivos no momento de realizar transações comerciais com os clientes. Neste artigo, você vai descobrir por que é tão importante praticar a avaliação de crédito, como funciona a consulta de CPF e CNPJ e quais são os benefícios que ela proporciona. Confira!

Como fazer a consulta de CPF e CNPJ?

Para começar, vamos entender um pouco quais são os lugares que oferecem a possibilidade de checar esses dados. É possível realizar a consulta de CPF e CNPJ em dois lugares: primeiro, na Receita Federal que oferece uma busca mais genérica sobre esses documentos com informação não tão aprofundadas.

Segundo, por meio de empresas especializadas em consulta de crédito, como o Serasa Experian e a própria Rede Cred Auto. Aqui, o acesso é pago, mas tende a ser mais específico, fornecendo informações mais abrangentes sobre o CPF ou CNPJ pesquisados.

Como funciona o cadastro de crédito?

Empresas como a Serasa Experian mantêm um enorme banco de dados que contém informações importantes sobre o histórico de inadimplência de pessoas e empreendimentos. Isso pode poupar meses de prejuízos para a empresa e dores de cabeça para os funcionários do financeiro.

Além disso, é possível consultar também alguns outros dados, como o próprio nome do titular e informações sobre documentos roubados, ajudando também a prevenir a ocorrência de fraudes.

Qual o passo a passo para fazer a consulta?

Neste tópico, vamos apresentar como é possível fazer a consulta tanto na Receita Federal quanto nas empresas de consulta de crédito. Acompanhe!

Receita Federal

O site da Receita Federal conta com um serviço do governo federal em que é possível checar de forma gratuita algumas informações sobre o CPF ou CNPJ do seu interesse. Os dados não são tão completos quanto os de uma empresa de consulta, porém, dependendo do objetivo, podem ser úteis.

É importante saber que eles não disponibilizam informações sobre a situação financeira ou fiscal. Apenas fornecem uma comprovação sobre a situação do CPF ou CNPJ, principalmente em relação à entrega das declarações de Imposto de Renda.

Empresas de consulta de crédito

Para aqueles que procuram informações mais completas do CPF ou CNPJ, é possível contratar pacotes de empresas de consulta. Os pacotes não costumam ser caros, girando em torno de R$10 a R$100, dependendo da empresa.

Geralmente, o interessado só precisa ir até o site da consultora, escolher o pacote mais adequado para as suas necessidades e confirmar o pagamento. Com isso, é possível usar os créditos oferecido no pacote para realizar a análise do CPF ou CNPJ do seu interesse.

Basta entrar no site da empresa, inserir os dados do documento que se quer consultar na aba correspondente e verificar se há apontamentos de dívidas, cheques sem fundo, ações judiciais, nome negativado, entre outros dados.

Quais são as vantagens da consulta ao cadastro de crédito?

Além da já mencionada queda na inadimplência, a consulta também ajuda a reduzir a probabilidade de sua empresa ser vítima de uma fraude. Outra característica importante é que os dados fornecidos pelos birôs de crédito têm abrangência nacional, e não apenas regional. Por fim, pode ser também uma ferramenta importante para identificar os bons clientes.

Para encerrar, vale lembrar que a consulta de CPF e CNPJ contribui para um ambiente comercial mais transparente, em que as operações acontecem de forma mais segura. Assim, não é apenas a empresa que ganha com a queda da inadimplência, mas também o consumidor.

Isso acontece porque ele encontrará na prateleira um produto mais barato, uma vez que o prejuízo causado pela inadimplência acaba sendo pulverizado entre todos os consumidores do mesmo produto.

Por que fazer a avaliação de crédito?

A publicação do novo Código de Processo Civil trouxe uma série de novidades importantes para nossa lei processual, mas, apesar disso, muitos especialistas acreditam que perdemos uma boa oportunidade ao não rever o sistema de impenhorabilidade de bens do Código anterior.

É que, lamentavelmente, não há muito o que um credor possa fazer para receber seu crédito na vasta maioria das ocasiões em que ocorre a inadimplência. É claro que ele pode sempre recorrer à Justiça, mas, mesmo ganhando o processo, é preciso que o devedor tenha patrimônio suficiente para pagar. Caso contrário, é como ganhar, mas não levar.

Isso acontece porque há uma lista na lei contendo uma série de bens que não podem ser penhorados para pagar dívidas — como a caderneta de poupança com até 40 salários mínimos, qualquer tipo de remuneração vinda do trabalho, o imóvel em que a família mora etc.

Por que é arriscado não realizar a consulta do CPF e CNPJ?

Se você possui uma empresa, principalmente de vendas, sabe como está exposto a diferentes tipos de clientes. Isso significa que nem sempre encontrará consumidores totalmente confiáveis, ou que não tenham problemas em lidar com suas finanças e que, consequentemente, não tenham um histórico de inadimplência.

Por isso, para evitar possíveis calotes, é muito importante conhecer os seus clientes e apenas com a consulta de CPF e CNPJ você consegue obter informações importantes sobre o comportamento dos consumidores.

Assim, até para fazer negociações esses dados podem ser fundamentais. Dessa forma, é possível manter a empresa segura e evitar que, ao ter clientes inadimplentes, eles prejudiquem seu caixa.

O que fazer para não ficar nessa situação?

Quando o assunto é combate à inadimplência, a palavra de ordem é a prevenção. Por isso, antes de realizar qualquer operação que envolva crédito, a empresa deve consultar o CPF ou CNPJ do cliente para saber se ele é um bom pagador ou se há contra ele débitos em aberto em outras empresas e instituições financeiras.

Neste texto acompanhamos uma das principais medidas para evitar ter clientes inadimplentes: a consulta de CPF e CNPJ. Ressaltamos que esse é um investimento importante para toda empresa que queira manter suas finanças equilibradas e se prevenir contra clientes inadimplentes, contribuindo para a longevidade do seu negócio.

E aí, gostou do nosso artigo sobre a importância da consulta de CPF e CNPJ? Então, curta nossa página no Facebook e tenha acesso a conteúdos exclusivos diretamente no seu feed de notícias.

Maylan Moreno - Rede Cred Auto

Profissional de Marketing na Rede Cred Auto. Escrevo sobre consultas veiculares, de crédito e negativação de devedores. Dou dicas sobre otimização do financeiro de uma empresa, mercado de tecnologia e automotivo no geral.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0