Como saber se o carro tem quilometragem adulterada?

Você quer disponibilizar os carros mais confiáveis e com a melhor procedência em sua agência de veículos, não é mesmo? Para isso, é necessário tomar uma série de cuidados, sobretudo ao adquirir automóveis seminovos para revenda.

Um cuidado muito importante a se observar nesses veículos, em especial, é a questão da quilometragem adulterada. As pessoas que tentam usar esse artifício têm a intenção de fazer parecer que um carro é muito mais novo do que na realidade é.

Infelizmente, o golpe é cada vez mais comum, mas com atenção e com as dicas deste post, você poderá reconhecê-lo na hora.

No post de hoje, você descobrirá algumas maneiras de desvendar se o hodômetro foi alterado para fazer o carro se passar por mais novo do que ele é.

Vamos auxiliá-lo a:

  • Verificar no manual do proprietário se há carimbo de revisões.
  • Analisar o desgaste do banco, volante, pedais e câmbio do veículo.
  • Fazer uma checagem eletrônica (com aparelhos conectados ao módulo).

Confira agora mesmo!

Verifique no manual do proprietário se há carimbo de revisões

Os proprietários que fazem as manutenções preventivas ou revisões do carro em concessionárias recebem os carimbos no manual.

Nesses carimbos, você poderá encontrar a quilometragem que o veículo possuía no momento de cada revisão. Assim, é possível comparar as anotações com as marcações do hodômetro e verificar se há alguma adulteração.

Se o veículo não possuir o manual do proprietário ou se o manual não contiver os carimbos de revisão, duvide na hora. Isso pode ser um sinal de adulteração na quilometragem.

Analise o desgaste do banco, volante, pedais e câmbio do veículo

Se o hodômetro estiver marcando uma quilometragem baixa, mas você perceber que os itens básicos do carro estão desgastados, algo pode estar errado.

Por isso, faça sempre uma boa conferência no interior dos veículos antes de adquiri-los. Inspecione bancos, volante, pedais e câmbio. Depois, reflita se a condição desses itens está em consonância com a quilometragem apresentada.

Faça uma checagem eletrônica (com aparelhos conectados ao módulo)

Essa talvez seja a dica mais importante e mais decisiva de todas. A checagem eletrônica não deixa dúvidas, pois usa aparelhos conectados ao módulo do carro para verificar a real quilometragem rodada.

Assim, ao adquirir um veículo para sua agência, se houver qualquer dúvida sobre essa questão, a checagem eletrônica pode ser a prova. Se o proprietário oferecer qualquer resistência nesse procedimento, talvez o melhor seja desistir da compra.

Afinal, se o que o hodômetro está mostrando é realmente a quilometragem percorrida, não há motivos para qualquer tipo de recusa, não é mesmo?

Gostou das nossas dicas de como verificar se os veículos a serem adquiridos pela sua agência estão com a quilometragem adulterada? Com elas, as chances de você cair nas mãos de golpistas e de vendedores com má-fé diminuirão drasticamente.

Se você se interessa por esse assunto, certamente vai adorar também este post sobre veículos ficha suja. Descubra agora mesmo quais são os outros golpes que podem prejudicar seu negócio e fique livre deles agora mesmo! Vamos lá?

ebook_prevenção_de_fraudesPowered by Rock Convert

DATE: jun 3, 2020
AUTOR: Maylan Moreno
Histórico Veicular, , ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *