HomeInadimplência

Saiba como proteger o CPF com essas 4 dicas

Saiba como proteger o CPF com essas 4 dicas

Tempo de Leitura: 2 minutos

O cuidado com os documentos é essencial para que nenhuma atividade não autorizada seja feita em seu nome. Além de cuidar da identidade, dos cartões e dos dados bancários, você deve conseguir responder a pergunta: “Como proteger meu CPF?”.

Ao fazer isso, é possível prevenir dívidas em seu nome, bem como fraudes e identificações incorretas. Com os cuidados certos, evitam-se dores de cabeça, restrições no nome e muitos outros riscos.

Quer descobrir como acertar e impedir problemas? Veja 4 dicas essenciais e comece a colocar em prática!

Não forneça o número para estranhos

O número do CPF é um dos dados mais importantes sobre uma pessoa. Ele pode identificá-lo e até servir para liberar ações, como atividades fraudulentas. Por isso, é indispensável tomar cuidado com quem sabe esse número.

Nunca o divulgue na internet e nem forneça para estranhos, se não houver um motivo claro. Vale ter atenção mesmo nos estabelecimentos em que há a inclusão do CPF na nota. Confira se as informações serão digitadas no sistema, em vez de anotadas, para evitar que o documento caia em mãos erradas.

Tenha cuidado com compras online

A compra online traz muita praticidade e conforto. Mas se você quiser saber como proteger seu CPF de verdade, é preciso redobrar a atenção. Verifique se o site é idôneo e avalie o que as pessoas dizem sobre a marca. Além disso, confira se há um certificado de segurança para proteger os dados.

Lembre-se de que, em uma loja virtual, há dados ainda mais importantes que o CPF, como endereço, telefone ou informações do cartão ou conta bancária. Portanto, todo cuidado é necessário.

Nas lojas físicas, o cuidado deve ser com a conferência de documentos. Nunca permita que eles saiam da sua vista, para evitar clonagens.

Fique atento aos golpes por mensagens

Diversos golpes para captura de dados, conhecidos como “phishing”, envolvem o número do CPF. Talvez você receba uma mensagem dizendo que seu nome está sujo ou mesmo que ganhou um prêmio. Na maioria das vezes, há o pedido para informar o número do documento para “validação”.

Para não correr riscos, o melhor é sempre desconfiar das mensagens. Caso receba uma mensagem em nome de um credor, veja se o endereço de e-mail é adequado ou não. Se tiver dúvidas, entre em contato com o estabelecimento.

Também é preciso ter cuidado com ofertas, promoções e prêmios. Não adicione suas informações sem saber a procedência e sem poder garantir a segurança.

Monitore o CPF regularmente

Para ter sucesso na tarefa de como proteger o CPF, é indispensável acompanhá-lo com regularidade. Desse modo, é possível verificar se há alguma alteração imprevista, como um débito em seu nome que não deveria estar lá.

Em vez de fazer consultas manuais, contrate um serviço especializado. Com toda a segurança necessária, você acompanhará cada movimentação e saberá se existe alguma irregularidade ou pendência. Desse modo, é mais fácil se prevenir contra surpresas desagradáveis e agir rapidamente.

Para entender como proteger seu CPF, é essencial reforçar as ações de prevenção contra golpes e uso indevido. Além disso, contratar um monitor do documento permite acompanhar todas as mudanças e saber, na hora, se existe algo que merece a sua atenção.

Como escolher um recurso de qualidade é indispensável para a sua segurança, conheça o serviço Cred Alerta e comece a usar!

Maylan Moreno - Rede Cred Auto

Profissional de Marketing na Rede Cred Auto. Escrevo sobre consultas veiculares, de crédito e negativação de devedores. Dou dicas sobre otimização do financeiro de uma empresa, mercado de tecnologia e automotivo no geral.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 2
  • comment-avatar
    Décio 4 anos atrás

    Passei meu cpf para pessoas que se diziam ser do grupo editora globo, quando já estava para terminar um ano de receber revistas da editora. Fiquei sabendo que pessoas usaram e usam o nome da editora.

    • comment-avatar
      Maylan Moreno 1 ano atrás

      Olá Décio, como vai?
      Infelizmente esse tipo de golpe é muito comum.
      Por isso é necessário ficar sempre alerta e só passar o seu documento depois de confirmar que é que seguro.
      Nesse caso como já era cliente, não seria necessário informar o número do documento novamente.