HomeHistórico Veicular

Consultas na base nacional veicular: saiba quais dados podem ser acessados!

Consultas na base nacional veicular: saiba quais dados podem ser acessados!

Tempo de Leitura: 3 minutos

Chegou o momento de adquirir mais um veículo para comercializar na sua agência ou concessionária, mas você precisa ter a certeza de que está diante de um bom negócio. Essa confirmação pode ser feita por meio de consultas na Base Nacional Veicular (BNV), um sistema que fornece diversas informações para o comprador de automóveis.

Em vez de buscar as informações que precisa em órgãos distintos, a Base Nacional Veicular concentra nela todos os dados sobre os veículos registrados em solo brasileiro. Dá para saber se ele tem restrições administrativas e judiciais, se houve alteração no projeto original e até quais são as pendências financeiras dele.

Neste artigo, você vai saber:

  • O que é a Base Nacional Veicular.
  • Para que serve a consulta nessa base.
  • Quais são os dados obtidos por meio dela.
  • Quando realizar a consulta.

O que é a Base Nacional Veicular?

A Base Nacional Veicular é um banco de dados oficial do governo brasileiro que é mantido pelo Departamento Nacional de Trânsito (DENATRAN). Ela armazena todas as informações e características referentes aos veículos do nosso país, além de contar com o apoio do Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM).

Os primeiros registros dos automóveis são feitos no processo de fabricação deles, quando a montagem é finalizada. Os dados são inseridos no sistema pela própria fabricante, entretanto, eles são atualizados quando os proprietários renovam o registro anual e cumprem com as vistorias exigidas pelas autoridades de trânsito.

O sistema é nacional, porém, acaba sendo alimentado também pelas unidades regionais — que se encontram presentes em cada estado da federação. Como estamos falando de diversos sistemas atuando em conjunto, pode ser que seja identificada alguma defasagem nos dados entre as consultas regionais e nacionais.

Para que serve essa consulta?

A consulta na Base Nacional Veicular serve para que você saiba todas as informações referentes ao veículo que pretende comprar — para uso próprio ou comercialização, no caso das concessionárias e demais agências de automóveis.

Essa é uma maneira de checar se o automóvel se encontra regular com as características que estão contidas na documentação dele. O antigo dono, por exemplo, pode ter alterado a cor do automóvel e deixado de informar as autoridades de trânsito, configurando uma irregularidade.

Quais são os dados obtidos por meio dela?

A Base Nacional Veicular apresenta todas as informações contidas no cadastro do veículo, entre elas:

  • Marca e modelo
  • Ano de fabricação
  • Ano do modelo
  • Placa do carro
  • Município e estado onde está registrado
  • Tipo de combustível
  • Número do chassi
  • Cor do veículo
  • Potência
  • Cilindradas
  • Número do RENAVAN
  • Histórico de roubos e furtos
  • Restrições administrativas, financeiras, tributárias e judiciais.

Se o veículo estiver arrendado, sob reserva de domínio ou alienado, essas informações também aparecerão nos resultados. Assim, dá para saber a real situação que o automóvel se encontra, realizando uma análise que vai além do bem que você está vendo.

Quando você deve realizar essa consulta?

Antes de adquirir o veículo, afinal, é importante que você confirme se todas as características são as mesmas que você está vendo. Algumas alterações no projeto original do automóvel, como a pintura da carroceria ou a remoção de peças de fábrica, podem causar um impacto negativo no valor de revenda.

A consulta na Base Nacional Veicular também deve ser feita caso você suspeite que o veículo é fruto de um roubo ou que tenha restrições. As informações cedidas pela consulta indicarão restrições administrativas e judiciais, alerta de roubo ou furto e as dívidas relativas à tributação que, porventura, não tenham sido pagas. Sendo assim, dá para evitar a aquisição de um automóvel com irregularidades.

A partir de agora você não tem motivos para deixar de fazer um bom negócio. Com a consulta na Base Nacional Veicular, você levanta todas as informações necessárias para que a sua agência ou concessionária esteja sempre abastecida com os modelos novos e seminovos que o público deseja.

Curta a nossa página no Facebook e tenha acesso a outras dicas e conteúdos sobre informações na análise de crédito, procedência veicular e negativação de devedores. Esperamos por você!

Maylan Moreno - Rede Cred Auto

Profissional de Marketing na Rede Cred Auto. Escrevo sobre consultas veiculares, de crédito e negativação de devedores. Dou dicas sobre otimização do financeiro de uma empresa, mercado de tecnologia e automotivo no geral.

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 2
  • comment-avatar
    Manuela 8 meses atrás

    boa tarde, comprei um carro em 2021 e foi feito a pesquisa cautelar onde não constou absolutamente nada, no entanto agora em 2023 fui vender e o comprador fez a pesquisa e constou SINISTRO! nesse caso o que devo fazer?

    • comment-avatar

      Olá Manuela, tudo bem? Neste caso de sinistro prévio não informado a responsabilidade é do proprietário anterior. O ideal é tentar a resolução deste problema com o proprietário anterior amigavelmente e em caso de dificuldades, recomendo que procure ajuda de um advogado.